08/03/2014

Homenagem do GNMP ao Dia Internacional da Mulher

“O destino de uma mulher é ser mulher” Clarice Lispector

Combater a corrupção que impede políticas públicas de fortalecimento e afirmação fundamental do feminino na sociedade, zelar pela saúde como serviço de relevância pública assegurando, por exemplo, adequado tratamento pré-natal à gestante, fiscalizar para que o meio ambiente assegure condições de luz e vida às futuras gerações, defender direitos da infância e juventude, assegurar acessibilidade, promover a realização de direitos de idosas, reprimir a violência doméstica intrafamiliar, punir a subtração da vida afirmando sua indisponibilidade no Tribunal do Júri, impedir que crianças e adolescentes sejam submetidas ao trabalho infantil que suprime o estudo, combater o trabalho escravo, fiscalizar a efetividade de políticas públicas, entre outras atividades diária das valorosas e corajosas mulheres que forjam a história e escrevem as páginas desafiadoras e ao mesmo tempo sensíveis do Ministério Público, tudo isso é parte do "trabalho vivo" transformador que dignifica e permite a construção de políticas de afirmação de gênero, iniciativas necessárias para uma convivência harmônica e isonômica em sociedade.

Uma lembrança e homenagem do GNMP (Grupo Nacional do Ministério Público) não só às Promotoras de Justiça, Procuradoras de Justiça, Procuradoras do Trabalho, Procuradoras da República e Procuradoras do Ministério Público de Contas, mas a todas as mulheres dos mais diferentes ofícios e profissões pelo Dia Internacional da Mulher!