Esta é a primeira vez que os presidentes de tribunais fixam objetivos precisos para o combate ao desvio dos recursos públicos.  (Divulgação)

23/11/2012

Tribunais aprovam meta de combate à improbidade administrativa

O Conselho Nacional de Justiça(CNJ) e os tribunais de Justiça do País aprovaram a meta de identificar e julgar as ações de improbidade administrativa e penais relativas a esses crimes, até 31 de dezembro de 2013.

A meta foi aprovada na plenária de encerramento do VI Encontro Nacional do Poder Judiciário, realizado pelo Conselho Nacional de Justiça em Aracaju (SE) no início de novembro. Além disso, os participantes do evento se comprometeram a fortalecer as unidades de Controle Interno dos tribunais e aprovaram a meta de desenvolver, nacionalmente, sistemas efetivos de licitação e contratos.

"A definição de um planejamento estratégico com objetivos e ações coordenadas e com a inclusão de metas de combate à corrupção e à improbidade administrativa, sem dúvida, revela o compromisso do Judiciário com a qualidade da prestação do serviço jurisdicional” afirma o ministro Joaquim Barbosa, próximo Presidente do Supremo Tribunal Federal.